01 fevereiro 2015

Esses


Tem quem não nasceu para amar. Esses são bombardeados diariamente com o amor dos outros, aqueles que nem percebem porque estão ocupados demais, amando. Tem quem chega à conclusão de que nunca existiu essa coisa de amor. Esses olham tudo com olhos cínicos, da ladeira de Santa Teresa ao casal apaixonado na portaria do prédio. Tem quem vive tentando. Esses dão o sangue e horas em conversas vazias sem fim porque não admitem que não fazem parte do seleto elenco da Malhação. Tem quem ama perdidamente. Esses, de tanto amar perdidamente, se perdem irreversivelmente e nunca se acham nessa matéria negra e líquida que nasce de dois. Tem quem prefere aproveitar. Esses amam um pouco aqui e um pouco ali e sentam em mesas de bares dizendo que não amam nunca ninguém. Tem quem acha que aquele é o amor e ponto. Esses estão sempre falando de estabilidade e de The Voice Brasil, achando um absurdo quando cruzam com aquele casal loucamente apaixonado na saída do metrô.

E tem eu.

8 comentários:

  1. Eu sou dos que amam, e já encontrei o meu amor.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. E tem eu também! :P
    (Fazer o que né, continue a nadar...)

    ResponderExcluir
  3. E tem eu também, que transito por todos esses eus a cada nova experiência da vida... rs

    Karen.

    ResponderExcluir
  4. E tem EU! Não me esqueçam. Acho que deveríamos criar um Clube. O que acham?

    ResponderExcluir
  5. post MUITO BEM ESCRITO! falar sobre o amor é fundamental... e adorei o final... E TEM EU! mas te garanto, vc não esta sozinho!

    ResponderExcluir