18 março 2011

A fase turbulenta



Na fase turbulenta, acordar era uma honra. Saía toda noite sem saber como voltaria. Naquela voltou sem um pedaço. O mesmo pedaço que deixou no chão do banheiro da boate. Porque, não sejam puritanos, isso acontece. Você às vezes entra no banheiro, já alcoolizado, afinal assim é a noite, e sai com uma parte esquecida. Normalmente todo esse movimento é acompanhado da entrada de mais alguém. De preferência alguém sem nome, com roupa de bartender e cheirando a perfume importado. Tem os braços fortes, o sorriso marcado por uma expressão de quem já passa dos trinta. A pele morena e o cabelo bem baixinho. As unhas são daquele formato quadrado, pertencente àquelas mãos que, como um todo, são quadradas. É essa pessoa que te arranca um pedaço. Às vezes dói, mas você está tão alcoolizado que nem lembra. Você só se mantém na sua posição, faz o que deve fazer e aproveita, porque é assim que as pessoas com menos de vinte anos fazem. Não trocam telefone, pois não há onde anotar num banheiro de boate. Depois que a parte é arrancada, em meio a gemidos e esquecimentos, você sai, arrumando a roupa e rosto. Achando graça de tudo aquilo.

No dia seguinte, você pode até pensar no que aconteceu. Não por mais de cinco minutos. Não sem um sorriso maroto estampado no rosto. Afinal de contas, é sua fase turbulenta. É isso que as pessoas costumam fazer nas delas.

12 comentários:

  1. hummmmm... o dia seguinte e o sorriso de moleque que acabou de fazer "arte", de qualquer natureza, é reconhecível por todos... e todos querem saber... ainda bem que existe o santo esquecimento do dia seguinte... rs...

    bjo

    ResponderExcluir
  2. tem fase turbulenta por aí que dura muito mais do que quando se tem 20 e poucos anos...

    ResponderExcluir
  3. estou gostando dessa fase "os outros"

    ResponderExcluir
  4. Dan catou meu comentário hahaha

    Mas eu não vejo como um pedaço que te arrancam. Vejo mais como uma peça a mais que aparece no quebra-cabeça...

    ResponderExcluir
  5. ainda não vivi essa fase. e nem sei se viverei...

    abraços do voy

    ResponderExcluir
  6. Realmente, essas coisas acontecem... Achei engraçado essa parte dos que tem menos d'oque os que tem 20 anos fazem... hahahaha

    Um Beijo, cara... até o próximo

    ResponderExcluir
  7. Eu passei dessa fase e nem vi, ou simplesmente não tive, o que é fato é que eu não tenho lembrança, e eu nunca esqueço um rosto ou um cheiro, só os nomes, os nomes não me interessam.

    ResponderExcluir
  8. Eu passei dessa fase e nem vi, ou simplesmente não tive, o que é fato é que eu não tenho lembrança, e eu nunca esqueço um rosto ou um cheiro, só os nomes, os nomes não me interessam.

    ResponderExcluir
  9. Tem gente que 'turbulenta' vira a normalidade e o 'não-turbulenta' uma fase.

    ResponderExcluir
  10. para de ficar falando essas coisas que eu acredito. e o post foi por causa das tatuagens menino.
    so por isso.
    bj

    ResponderExcluir
  11. Every bride has their own color, and some dynamic, some dazzling colorful, full of love ... ... and some colors are the future of each symbol, depicting the bride's future.
    Wedding Dresses
    Thanks for your sharing! I am pleased to share my joy with you?

    ResponderExcluir