25 outubro 2010

Talento


Eu sei escrever sobre solidão, sobre gordura, excesso de gordura. Sei escrever sobre ir ao cinema sozinho e fofoca. Sei escrever sobre mim, ainda que eu não me conheça. Exagero nos defeitos, pra ter certeza que não estou sendo injusto com a sinceridade. Ela não merece.

Sei escrever sobre envelhecer e sobre como é ter 21 anos. Mais ainda, como passar dos 20 aos 21. Não fazer esportes, ouvir música POP e um pouquinho mais sobre gordura. Sei lá, é uma coisa que nasceu comigo.

Sei falar da vida dos outros também e transformar qualquer vida numa piada sem-graça. Sou ótimo em piadas sem-graças e não tão bom com palavras desconexas, como se pode perceber.

Tem algo que me intriga em palavras desconexas, em coisas que não fazem sentido, mais do que me intriga a solidão e a gordura. É uma curiosidade por saber o que passa na cabeça da pessoa. Na minha, muitas vezes não passa nada e é por isso que eu digo que não sou tão bom.

Não sei escrever sobre política, nem miltância, nem moda. Sempre estou fora de moda. Não sei escrever sobre cinema. Só sei ver, eu acho. Sou uma negação em descrições - lugares, pessoas, comidas gordurosas ou estantes de CD.

Comigo carrego um caderno de anotação, onde mudo os felizardos contemplados no meu testamento, de tempos em tempos. Normalmente quando o tempo fica chuvoso ou quando não tem aquele bendito joelho de queijo com presunto na vitrine da lanchonete.

47 comentários:

  1. Sério, seus textos tem uma profundidade que às vezes eu tenho dificuldade de perceber.

    Acho que é por isso que eu gosto tanto deles.

    São desconexos, mas fazem todo sentido.

    ResponderExcluir
  2. Sou da UFF, sim! :)

    Se não transa há séculos, porque não fazer isso essa semana, por exemplo?

    Sexo é tão bom e eu não sei!

    ResponderExcluir
  3. Adoro os seus textos desconexos, que ao final sempre existe na sua complexidade o raciocíonio lógico e simples, seja de "solidão" "excesso de gordura" ou "fofocas". Me faz perguntar.. o porque ainda não havia pensado sobre este ângulo?? Aí me faz ver o quanto me falta talento...

    ResponderExcluir
  4. ahhhhhh moço eu parei com o blog
    mas eu vi suas msg tao fofas que vim aqui para agradecer
    rs
    e olha odeio textos serios entao é vc um genio da literauta... deixe os textos sobre política miltância e moda para os que nao sabem o valor de um sorriso lúdico...

    ResponderExcluir
  5. uma coisa eu sei, é que pra mim tu escreve do jeito que eu gosto de ler.


    e agora me pergunto, qual tua idade mesmo? rs

    ResponderExcluir
  6. primeira vez por aqui.
    e achei que vc escreve deliciosamente bem!
    continue escrevendo sobre o que sabe, e tenho certeza de que é muito mais do que vc acha!
    abraço!

    ResponderExcluir
  7. Continue a escrever textos como esse: que nos arrancam das cadeiras e pelo momento da leitura nos levam pra um outro lugar.

    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  8. aah...é tão bom! E pra que as coisas precisam ser concisas, coerentes, "conexas" pra fazer sentido?! O sentido está na cabeça de quem lê [ou não]...rrsrsrsrs.

    gosto muito, muito de ler seus textos!

    bjs

    ResponderExcluir
  9. Cada um tem a sua capacidade, a sua graça, o seu charme, a sua beleza, o seu dom ... para vc só falta um auto reconhecimento de todos estes seus talentos ... bora cara! levanta esta cabeça ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  10. o mais legal é vc nos contar que na maioria das vezes não se passa nada em sua cabeça.

    e eu tbm gosto de cinema, mas não sei nada sobre isso, só ver ;)


    Um Beijo

    ResponderExcluir
  11. vc escreve sobre qualquer coisa, mas não consegue encontrar um amigo. rá.

    ResponderExcluir
  12. E quando o tempo tem sol? O que passa pela sua cabeça e pela ponta do lápis?

    ResponderExcluir
  13. eu não gosto de escrever sobre política
    é um assunto pesado demais
    ams gosto do que você gosta de escrever aqui

    abração

    ResponderExcluir
  14. Excelente primeiro post pra eu ler.. Ok, já deu pra ter uma boa noção das capacidades e limitações do blogueiro...

    Me fez recordar de uma frase de Frida:

    “Eu pinto-me porque estou muitas vezes sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor”

    Reza lenda que numa determinada ocasião classificaram a exposição dela como surreal e ela declarou que não havia nada de surreal nas suas pinturas.. Era ela...

    Bem...

    Fico feliz que tenha gostado do meu blog, volte sempre que quiser é sempre uma satisfação!!!

    ResponderExcluir
  15. deixa eu dizer aqui também?

    meus textos apaixonados são meramente ficticios. minha vida amorosa é caótica e meu futuro emocional sólido é utopia, rs.


    [a propóstio, eu tenho 26.]

    E cheguei aos 26, quase-formada, quase-independente, quase-completa.

    quaaaaaaaaaase que é tudo bom demais.

    só falta o romance, e eu preciso muito muito muito disso pra completar uma lacuna acolá.

    ah, você me disse uma vez que acha nos daríamos bem, e eu te digo agora que tenho certeza.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Se vc tivesse 21, podia jurar que era vc, anotando nesse caderno de anotações, todos esses textos que vem parar aqui no blog.
    ;-)

    ResponderExcluir
  17. eis o cotidiano de um escritor contemporâneo! rsrsrsrs...
    querendo ou não vc já está na moda: é escritor de blog! quer mais atual q isso?

    ResponderExcluir
  18. Uma coisa eu sei, é que pra mim tu escreve do jeito que eu gosto de ler.[2] Muito mesmo!!

    ResponderExcluir
  19. O importante é escrever sobre o que nos dá prazer... e ser sincero conosco mesmo...!

    Também sei escrever sobre muitas coisas... mas muitas coisas me fogem ao entendimento!

    Que bom que não entendemos a cabeça dos outros... tenha certeza... seria um inferno!

    ***

    ;-D

    ResponderExcluir
  20. Como não sabe o que é ter textos desconexos? XD

    A minha pergunta é: porque todas as coisas precisam fazer algum sentido? Penso que até o sentido é relativo: cada um pode pensar uma coisa diferente da mesma coisa.

    Acho o desconexo de uma beleza ímpar. Exatamente porque dispensa compreensão, simplesmente está lá. Quer dizer... está? Será?

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  21. Você escrevendo sobre aquilo que você não sabe escrever, você escreve bem! hehehe
    Tem muitas coisas que eu também não consigo escrever, como política e cinema.

    ResponderExcluir
  22. 24 comentários só para ficar bonito! =)

    ResponderExcluir
  23. Lembrei das minhas "bagunças internas".

    Voce sabe fazer bem isso aqui.
    E 21 anos? GA-TO, try 23 - muuuito mais velho!

    hahaha

    Olha, eu adorei que parece seu texto é feito de várias fibras que saem do nada e se entrelaçam num tecido bem bonito.

    É isso aí. Continue a nadar. Nadar, nadar.

    [j]

    ResponderExcluir
  24. Escrever é uma arte, cada um faz do seu jeito.. contanto que esse jeito seja sua verdade e te faça bem

    ResponderExcluir
  25. to com uma reflexao dessa na minha mao, ou no meu smart, e tava receoso.

    vc ja me garantiu que vale a pena postar.

    bração!

    ResponderExcluir
  26. Acho que eu passaria a vida inteira comendo gordura, militando, mas não consigo me imaginar sozinho.


    Acho que auto-crítica é uma coisa fundamental. Você se examinou bastante, sem ser prolixo e, talvez, sem essa intenção.
    O certo é que uma coisa que você sabe fazer bem é escrever.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  27. Olá querido
    Não entendi seu comentário no meu blog dizendo ser a última entrevista que ia ler...

    Como assim?

    ResponderExcluir
  28. own antônio, tu pode me adicionar no msn, please? eu não sei como proceder, tô só lamentando aqui.

    eu gostaria dos outros contatos dele, de saber quem ele é.

    pra fazer sinceramente, nem sei o que. anyway.

    tô muito chocada ainda pra decidir.

    iarals.costa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  29. Tenho ctza que é mto bem capaz de escrever sobre todas essas coisas, mas pessoalmente adoro quando escreve coisas aparentemente desconexas, porque posso fazer a conexão que quiser, como numa obra abstrata! Kissya!

    ResponderExcluir
  30. ei! cadê os posts eim? atualiza [3]

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  31. não to conseguindo acessar seus novos posts...não sei pq, dá blog não encontrado, snif

    ResponderExcluir
  32. não to conseguindo acessar seus novos posts...não sei pq, dá blog não encontrado, snif

    ResponderExcluir
  33. Thanks :)
    --
    http://www.miriadafilms.ru/ приобрести фильмы
    для сайта lostcausediario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Amargo mas bom.. que nem chocolate. Tem uma hora que a gente tem que parar de sentir pena da gente mesmo e foda-se o mundo! Que a sua chegue.

    Bj

    ResponderExcluir
  35. Acho que vc não tá me levando a sério!
    VAMO ATUALIZÁ A BAGAÇA, PO?
    ;-)

    ResponderExcluir
  36. A solidão também está sempre na minha caneta, e muitos são os assuntos que não faço a menor ideia de como escrever.

    ResponderExcluir
  37. eu vivo muito em mim, posto isso sou uma merda de escritor

    ResponderExcluir
  38. Às vezes eu acho sentido em coisas desconexas e gostaria de saber escrever sobre muitas coisas...

    Bjs

    ResponderExcluir
  39. Olha, cadê as atualizações?

    E como assim você mora no Rio e a gente não se conhece ainda? Trate de passar seu msn, facebook, orkut ou whatever pro meu email pra gente combinar alguma coisa.

    Tá lá no blog, mas como sou legal, pega aí: g.santferr@gmail.com

    ResponderExcluir