11 abril 2010

Do dia em que Lindsay Lohan saiu da reabilitação


Estavam lá pra recepcioná-la Dennis Quaid e Natasha Richardson. Ninguém comentou as gordurinhas que escapavam do suéter lilás. Todos só se preocupavam com as sardas. Será que elas ainda estariam lá? Que tipo de tratamento ela passara? O quanto aquele período na clínica de reabilitação teria influenciado a saúde das famosas sardas. Ela seria uma ex-viciada em remédios e cocaína, uma ex-atriz-mirim-adolescente adulta, uma ex-pessoa-com-peso-normal. Não é justo ela ser uma ex-sardenta também. Preocupada com o futuro da jovem atriz em decadência, Jane Fonda viu, com felicidade, de longe alguns fios de cabelos ruivos naturais e tratou de avisar Jamie Lee Curtis. Pra alguns, isso já era sinal de que as sardas continuavam lá. Para os diretores da Disney, a verdade só se concretizaria quando as sardas fossem devidamente vistas. O famoso Fusca esperava ansiosamente os passos que ela dava em direção aos amigos que lhe esperavam. Ele, que era sábio de verdade, sabia o que se passava na cabeça de todos aqueles astros hollywoodianos. “Gordinha tudo bem, mas sem sardas...” Seria o fim não só para ela, mas também para eles. Herbie acabaria parado numa prateleira empoeirada, nunca passaria na TNT e só seria lembrado pelo original, aquele que nem era seu parente, astro de 1969. Dennis Quaid também. Ela largou as malas no chão quando chegou perto deles. Jane Fonda foi a primeira a se aproximar, como se fosse uma avó amorosa. Abraçou-a calorosamente, tratando de ver se as sardas estavam onde costumavam estar. Quando voltou para o grupo de atores com um sorriso no rosto ficou subentendido o que ela tinha visto. A jovem atriz e cantora em decadência ainda exibia sardas no rosto. O rosto que agora era bem mais rechonchudo que fora outrora. Um a um, os outros amigos foram dando as boas vindas, todos animadíssimos com os projetos que tinham em mente para ressucitá-la. Ela só queria uma tintura loira. Estava de volta, saudável, como há muito tempo não lembravam dela. Ela gostava de saber que os verdadeiros amigos se preocupavam com suas sardas. Tem um monte de jovens atores que entram em depressão e se afundam no álcool por não terem ninguém pra se preocupar com as sardas. Elas precisam de toda atenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário